Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

domingo, 26 de agosto de 2012

FACETAS (19)



Na tua figura
O que reluz
Não é ouro,
Prata
Nem outro
Puro metal:
É brilho único
De amálgama
Físico-mental.


Marcantonio

9 comentários:

cirandeira disse...

Sr. Poetíssimo!Quanta amalgamia no
teu poetar maravilhoso!!!

um beijo

dade amorim disse...

Amálgama físico-mental é ótimo, Marco.

Beijo.

Tania regina Contreiras disse...

Isso é alquimia poética!

Beijos, Marquinho.

Bípede Falante disse...

Marcantonio, das tuas mãos escapa um talento avassalador.

beijoss

juliana kalid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vais disse...

uma liga e tanto

bem bonito, Marcantonio

um abraço

D.Everson disse...

esse poeta tá virado =]]]

Primeira Pessoa disse...

na sua figura, o que reluz é puro.
é mais ou menos por aí, poeta, homem-espelho, resplandecendo poesia.

Daniela Delias disse...

Maravilhosa alquimia!
Um beijão :)