Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

domingo, 26 de setembro de 2010

PERSPECTIVA COM RIMA

7 comentários:

Kenia Cris disse...

Poesia visual que aguça os sentidos e dá um tranco na imaginação. Eu vejo a janela girando girando girando... Tentarei não desaparecer junto com ela.

Beijo sempre grande, Marco!!!

Bípede Falante disse...

Adorei a sua janela janela janela que parece um túnel túnel túnel a nos engolir e a nos cuspir :)
beijo

Lídia Borges disse...

Um poema visual e sonoro a encher-nos os olhos de uma certa paisagem "ou (d)o que restou dela"

L.B.

betina moraes disse...

eu gosto de poesia visual

acho difícil por causa dos recursos infinitos disponíveis para imagens e limitados recursos para as palavras. cria-se um desafio maior do que um poema ou um quadro, na minha opinião, e a realização, quando atinge a compreensão do espectador, é um vitória gloriosa.

aqui, você conseguiu deixar clara a mensagem, passou-nos a ideia com máxima capacidade artística, apesar do desequilíbrio dos recursos,

então, acertou e fez um belo trabalho!

ficou muito bom!

acompanhar seu trabalho tem sido um prazer.

abraços.

Assis Freitas disse...

respectiva-mente-expectaviva.


abraço

Cris de Souza disse...

Rima imã.

Espia: http://www.youtube.com/watch?v=6yCAguhsnXs&feature=player_embedded

Beijo,(Mar)cantonio.

nydia bonetti disse...

Na minha janela um passarinho - rima com sozinho, mas tudo bem, ele é lindo. E canta. Apesar da chuva. A paisagem aqui ainda resiste, Marco. beijo!