Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

sexta-feira, 25 de maio de 2012

FACETAS (3)


Amarrei as tiras
Das sandálias de Calíope
Enquanto ela, distraída,
Desviava os olhos
Dos meus olhos míopes.

Depois desta traquinagem
Fui cuidar da vida

Sem heroísmo.


Marcantonio

4 comentários:

betina moraes disse...

marco,

as fotos estão um caso à parte! muito interessantes!

poemas com o dom de fazer-nos sentir que fomos feitos para observar e pensar sobre o que observamos. você escreve filosofia!


um beijo.

Bípede Falante disse...

Com heroísmo se dá bem a morte.
Na vida, vigora o fiasco rsrs
Beijoss

cirandeira disse...

Herói porque poeta, porque artista,
porque de infinitas facetas!!!

Achei belíssima essa tua série de
pinturas!

um beijo saudoso

Cris de Souza disse...

Traquinagem é uma imagem viva.