Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

TEMPO DE EXPOSIÇÃO (25)

SENSAÇÕES LIVRES

Permito-me ouvir,
Ver
E sentir
Nas costas da mão
A chuva que cai,
Cai aqui e corre:
Não fica num haicai.


Don Hong-Oai, Gaungdong, 1986.

























Mais de Don Hong-Oai AQUI

10 comentários:

Celso Mendes disse...

sensorial e bem traçado. e que beleza de ilustração, hein?

abraço.

Marcelo Henrique Marques de Souza disse...

Viver é um 'desenho animado'.. e não necessariamente infantil.

Abraço

Fouad Talal disse...

hai caqui

uma mordida
e tinjo de vermelho
os dentes brancos

foi inevitável ao ler o "cai aqui" e o temática do haicai..
abração!

Leonardo B. disse...

[palavra, a corrente natural do mundo, o lugar possível das nascentes que em chuva que se desfazem]

um imenso abraço, Marcantonio

Leonardo B.

Ph disse...

excelente a interpretação!
abraços

Cris de Souza disse...

haicai bem em qualquer estação! por pouco não redimensionei essa versão...

Luiza disse...

Belo demais Marco, esse hai. Beijo

Jaci Rocha disse...

A composição da imagem e da poesia...
Deslumbrante!

Carol Timm disse...

Belo poema
haicai imagem.

Bjs,
Carol

Blog do Akira disse...

Caráio, véio
Quando penso que não há como melhorar, voce vem e supreende, supera.
Um abraço.