Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

TEMPO DE EXPOSIÇÃO (31)

BUQUÊ

A cortina verde
Ofega na janela:
Hálito primaveril.

Flor Garduño, Vestido e Terno,  1999.

























Web site de Flor Garduño AQUI

2 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

:-) adorei! Minha cortina acompanhou a leitura do poema, parece, porque ofegou! rs
Beijos,

Dalva Maria Ferreira disse...

Perfeito! Já vivi uma experiência psicodélica com uma cortina de florezinhas que oscilavam feito um mar de primavera. Foi depois de um show de Mercedes Sosa, e eu estava muito doidona.