Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

TEMPO DE EXPOSIÇÃO (62)

SIR VIVENTE

Astro-rei que à soleira
Da porta
Toca meus ombros,
Sagra-me cavaleiro
Iluminado,
A estender com desassombro
A minha sombra.


Dorothea Lange, Hoe Culture, 1936

6 comentários:

Adriana Karnal disse...

knight!

Bípede Falante disse...

Ah, essa inquietação que tanto nos move quanto imobiliza!!
beijoss

Batom e poesias disse...

Que lindo, Marcantonio!
Que seja sempre um cavaleiro ilumindado!

bj
Rossana

Celso Mendes disse...

exposição de luz e sombra em perfeita (des)harmonia com pele e carne.

excelente!

abraço

Andréia Carvalho disse...

deu para ver a cena da coroação solar!

Cris de Souza disse...

Evoé!