Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

sexta-feira, 6 de maio de 2011

INTERIORES E VIDA SILENCIOSA (XXIV)

26 – natureza-morta com vida interior

Nasce o olho da morte
na rubra maçã:
um ser vivo trabalha dentro dela.

Caravaggio, Natureza-morta com Cesto de Frutas, óleo, 1601

5 comentários:

Mariana disse...

Passei para dizer que achei o nome do blog, O AZUL TEMPORÁRIO, lindo. Volto com mais vagar para conhecer a vida silenciosa deste azul. Abraço.

dade amorim disse...

Esse é daqueles que eu queria ter escrito. E que imagem! Ainda não tinha visto esse quadro.

Beijo grande, Marco.

betina moraes disse...

marco, poeta, incrível!

eu vi o olho na maçã do quadro e imaginei o bicho que devora a natureza morta.


você se supera a cada verso.

um beijo.

Tania regina Contreiras disse...

Vc continua ótimo, Marquinho...Vida por dentro da morte.
Beijos,

Sam disse...

são as manhãs
germinando redondos sóis
como as maçãs.

Meu carinho, Marco
Samara Bassi