Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

segunda-feira, 23 de maio de 2011

INTERIORES E VIDA SILENCIOSA (XXXVII)

39 – interior com performance (artística)

As paredes tremem
ao meu grito bárbaro:
temem que eu as derrube
como forma dramática
de piorar a acústica.

Daumier, No Teatro, óleo.

3 comentários:

Lu disse...

Viajei pelos sons da minha memória.
bacio

Í.ta** disse...

muito bons os versos! isso de imagem e verso acho muito válido. ótimas postagens!

abraços

D.Everson disse...

As paredes que escodem nossos segredos em quatro partes