Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

ROSTOS - MODOS DE CRIAR RETRATOS (24)


Surge um dia claro no teu rosto,
Uma luz difusa
Que granula a tua expressão.

Não sei que pintor fizera assim
A face dum anjo,
Imune ao foco do refletor móvel
Que muda lentamente o ângulo
Das sombras faciais
Como se elas marcassem as horas
Num quadrante solar.

Acho que teus bons sentimentos
Raiaram por dentro na tua face:
Luminescência natural de aurora
Independente do sol.



9 comentários:

CARLA STOPA disse...

Lindo...Grande abraço.

Luiza Maciel Nogueira disse...

o reflexo do anjo, da luz, pode ser algo tão banal - mas maravilhoso se captado assim, tão belamente

beijos

dade amorim disse...

Oi, Marco. Não sei se você já conhece a Nancy Caridad, uma argentina que agora inbtegra O gato da Odete. O endereço dela é
http://nancycari.blogspot.com/
Acho que você vai gostar do que ela faz com arte digital.
Adorei o post.
Beijo.

betina moraes disse...

a pureza que transforma tudo em anjo.

lindo!


e o vídeo,... emocionou-me.

um beijo.

Ph disse...

Retrato lindo!

Bípede Falante disse...

Gosto de rostos que marcam horas, rostos que se expressam e registram os momentos e prometem futuros, ah, gosto!
bjs

Cris de Souza disse...

seus retratos me hipnotizam.

beijo, azulão!

(senti falta dessa atmosfera)

Lou Vilela disse...

Belo e delicado!

Um abraço

Sônia Brandão disse...

Um belo e doce retrato.

bj