Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

ROSTOS - MODOS DE CRIAR RETRATOS (14)

Uma mirada de Medusa
Petrificou tuas feições;
Teu hálito ainda embaça
O espelho:
Vida sob a pedra, infusa.

Bernini, Medusa

8 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Lindo, Marcantonio!
Quão rapidamente a vida é capaz de transformar-se...
Abraço, amigo!
Zélia

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

a víbora que purifica um anjo torto

Domingos Barroso disse...

seja a esperança
talvez o vidro
(ou o reflexo)
embaçado
...

forte abraço,
irmão.

Bípede Falante disse...

Convivi de perto com dona medusa. Conheço cada serpente e cada lance dos olhos de pedra. Ah, conheço!

betina moraes disse...

uma descrição perfeita de uma face que foi modificada.


um beijo

Fred Caju disse...

Como um poema deve ser: pedra.

Í.ta** disse...

e quantas mais vidas
embaçadas.

achei ótemo.

confere lá no um-sentir o que tu já leu da imagem :)

abraços!

Thiago Quintella de Mattos disse...

Pedra infusa: aí vc arrebentou! Não olhar de medusa que gere efeito!