Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

ROSTOS - MODOS DE CRIAR RETRATOS (10)

Sob o til hirsuto
Das tuas sobrancelhas,
Duas vogais repetidas,
Vidradas e berrantes,
Em encontro conflitante
                   Com a vida.

9 comentários:

Luiza Maciel Nogueira disse...

:)

lindo!

Tania regina Contreiras disse...

Amando essa série de rostos e o olhar tentando suplantar a barreira das sobrancelhas pra ver mais alto.
Beijos,

betina moraes disse...

cada rosto criado por você é uma face que se mostra para nós.

maravilhoso trabalho, marco!

sou particularmente fã de séries (bem coisa das artes plásticas) que você nos propõem aqui.

um beijo.

Jozi Elen Fleck disse...

E a boca?
O que diria?
Acentuaria?
Abraços, saudade de vir aqui.
Jozi
O Lugar das Cores escritas

Cris de Souza disse...

sobre “duas vogais” a princípio eu pensei num tal pronome intransferível, em seguida, numa interjeição daquelas, ai, ai...

modos de fazer retratos de ser sem modo algum não é para qualquer um.

me deixas de queixo caído, boquiaberta e nem pisco ao te ler. seja que tom for são um primor as faces do seu engenho que me enlouquece.

beijo vivinho.

(bom retornar pra tomar uma cor, andei desbotadinha)

Domingos Barroso disse...

quadro pintado
por um mestre
...

forte abraço,
irmão.

Lara Amaral disse...

Lindo! =)

Marcantonio disse...

Este poema tinha a seguinte versão correspondente aos comentários feitos acima:

Sob o til desmedido
Das tuas sobrancelhas,
Duas vogais,
Vidradas e berrantes,
Respondem à vida.

Insatisfeito, fiz algumas modificações.

Bípede Falante disse...

Gosto muito desse retrato, que antes de ter face, tem vontade e gesto, expressão.
beijos, marcandoido :)