Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

segunda-feira, 7 de março de 2011

QUINZE PAISAGENS COM SOL, QUINZE COM LUA (3)

Na poça rente à calçada
Atira-se de ponta-cabeça
A árvore urbana,
Cansada, insana.

9 comentários:

Sam disse...

sua súplica
é mão ao alto
tateando o espaço,
um vago,
um vácuo choro.
e nenhum espaço é confortável,
e nenhum charco de pedras,
nem calçada,
nem estribeira,
nem caminho sem beira,
há de frutificar sob seus pés.

Abraços, flores e estrelas...

CAROLINA CAETANO disse...

Não sei se tão insana, viu... Tenho compreendido bem essas aventuras de árvores. Hehe.
Um abraço!

Assis Freitas disse...

visto assim dói em mim raízes,


abraço

Zélia Guardiano disse...

Simplesmente maravilhoso, Marcantonio!
Simplesmente...
Abraço, meu querido.

Suzana Martins disse...

A paisagem que cansa, descansa em meus olhos...

Beijos

Bípede Falante disse...

Amei essa árvore de cabeça para baixo sem vergonha de ter as raízes à mostra de quem quiser xeretar!

Luiza Maciel Nogueira disse...

árvore urbana - coisa mais triste - enclausurada, porém ainda cresce

beijo

Í.ta** disse...

que imagem muito boa! gostei muito.

abraços.

Cris de Souza disse...

tenho queda por inversão...