Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

APONTAMENTO NA BORDA DO DIA (4)


Há um silêncio-mormaço
nesta manhã de quinta-feira;
as referências são estacionárias:
eu que as ultrapasso.

Ora, eis que ouço uma cigarra!

5 comentários:

betina moraes disse...

amém!


:)

Adriana Karnal disse...

e aqui, essa chuva que não passa.
q lindo,Marcantonio.

Carla Diacov disse...

e pobre da formiga deve de tá trabalhando!


rs...

beijo.

Sônia Brandão disse...

O canto da cigarra
quebra o silêncio
da pedra.

Até a pedra canta
sob a batuta
da cigarra.

bj

Luiza Maciel Nogueira disse...

E a cigarra faz uma oracao que te acalma. Assim eh a natureza. Bjos