Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

VIAGEM

Sou doméstico.

Mas levo a minha casa
pelo o mundo:
sou um caseiro-viajante.

Matisse, foto de Henri Cartier-Bresson, de 1944

9 comentários:

fouad talal disse...

na pinta marcão!
porreta demais...

José Manuel Vilhena disse...

É pá,sou um preguiçoso sem cura...passo por cá,sinto-me bem e quase nunca digo nada.
:)
um abraço

Dario B. disse...

Neo-caracol do sec. XXI, abraços.

Tania regina Contreiras disse...

Caseiro-viajante...gostei da definição e me afino.
Beijos,

Mai disse...

Impagável!
E somos domésticos caracóis errantes.

grande abraço!

Bípede Falante disse...

estou aos risos com o caseiro viajante!!! Eu sou uma caseira viajante :)
Marcantonio, você é gênio!!

Cris de Souza disse...

pego carona nessa viagem...

perfeito, feito um cartão postal!

você é genial.

betina moraes disse...

marco,

a casa homem!

(não é mágico poder ver matisse?)

abraços!

LauraAlberto disse...

viajamos, viajamos
e nunca chegamos a sair!

Desconhecia esta fotografia, obrigada pela partilha!

Beijos
Laura