Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

sábado, 13 de novembro de 2010

VOZ

Literalmente
o silêncio nada quer
dizer.

É preliminar.

Na voz somente
tudo
há de acontecer.


11 comentários:

PauloMitchell disse...

Bonito blogue *

Dario B. disse...

Sucinta ode a concretude do verbo. Abraços.

fouad talal disse...

minha nossa!
tava escutando essa música agora...
(tô numa fase de escutar só o chico, um cd atrás do outro)

abração!

Batom e poesias disse...

As vezes, o silêncio é imperativo.
Acontece...

Bj
Rossana

Fred Caju disse...

Touché, Marcantônio! Penso o mesmo meu nobre.
Abraços,
Caju.

betina moraes disse...

marco,

somei o verso com o chico e me senti muito feliz pela força de existirem palavras ditas e editadas
na voz, no poema, na canção.


silêncio é coisa de um, para dois viva a palavra!


PS: que saudade do chico césar!


beijo.

Luiza Maciel Nogueira disse...

a voz que abre a possibilidade de vida diversificada no pensamento

beijo!

Assis Freitas disse...

o som do silencio,


abraço

Tati disse...

Nunca renuncie a um sonho, mesmo que ele te pareça impossível!
FELIZ domingo!
Bjs!

Bípede Falante disse...

porque um silêncio às vezes é mesmo só um silêncio!

Cris de Souza disse...

pra mim o silêncio sempre quer dizer algo, vivo de anteninhas ligadas.