Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

UNO

Eu poderia ser chinês. Russo
eu poderia ser. Eu poderia ser
francês, esquimó, grego, beduíno,
judeu, tailandês, palestino,
aborígine, nórdico, africano
ou todo et cetera humano.
Qualquer rosto desse multiplicado
ser de esperança, desesperado,
eu poderia ser.




















Marcantonio, Monotipia

Outras imagens minhas AQUI

5 comentários:

Assis Freitas disse...

amálgama,


abraço

Fernando Campanella disse...

Olá, Marcantonio, li tuas últimas postagens nesta visita e mais uma vez louvo teu trabalhos como poeta e artista plástico. Leio e me encanto com a inteligência e o inusitado.
Com referência à postagem Palavrinhas, tive uma ideia, veja só:

Tenho um poeminha que diz assim:

Voa palavra -
a ave avião

se vc gostar, ou tiver alguma sugestão de mudança, e quiser fazer um trabalho conjunto, algo de como fez no Palavrinhas, poderíamos trabalhar juntos.
Desculpa a pretensão, ou não, rs...
Abraços.....

LauraAlberto disse...

Marcantonio, nunca somos o que queremos, somos sempre pouco daquilo que queremos.
Quem sou?
Beijos
Laura
P.S:posso usar este seu quadro?

Mai disse...

Integrado, inteiro, mesmo em meio à incompletude.

Abraços

Rejane Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.