Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

sábado, 20 de novembro de 2010

PANE

Entram versos
- esses pássaros –
nas turbinas do cotidiano!

Desenho de Luiza Maciel Nogueira, retirado DAQUI



8 comentários:

Leonardo B. disse...

[... que voam em qualquer circunstância!]

Um imenso abraço, Marcantonio

Leonardo B.

Sônia Brandão disse...

A poesia vem restaurar a ordem no caos cotidiano.

Um abraço.

betina moraes disse...

que belo!

Luiza Maciel Nogueira disse...

belo sim, e os pássaros vão e vem né na poesia que vai.

beijos

Luiza Maciel Nogueira disse...

mas então é claro que pode, nem precisa pedir mais querido. Vc já é de casa. Beijos!

Fernando Campanella disse...

Olá, Macantonio, sempre um prazer passar pelos teus blogs, e ver tuas postagens onde imagem e palavra se integram. Tuas palavras são afiadas, justas, precisas...e nos trazem um mundo à retina e à reflexão.

Obrigado por ter gostado da ideia. Meu e mail é nandoc21@yahoo.com.br

Tenho alguma poesia na linha concreta, ou tentativa de concreto, posso enviar pra vc conferir, e se sentir necessidade de ajustes sinta-se livre para opinar, sugerir, ok? São tentativas, assim como uns poemas infantis tb. Espero que possamos fazer algo juntos, admiro muito tua criação.
Grande abraço.

Luiza Maciel Nogueira disse...

Que honra hein! Com alegria! Bjo

Cris de Souza disse...

ohm...

poema, desenho e som estão em plena comunhão, transborda beleza.

observaçãozinha: é um canto gregoriano?