Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

FUGA

Os cães grassam.
A caravana estaca
.
Escapo lírico,
o olhar liberto,
o coração frutuoso,
amparado
no nunca deserto.





















Paul Klee, Dois Dromedários e um Burro, aquarela.

4 comentários:

nydia bonetti disse...

amar o dia de hoje - todos os dias. talvez seja este o caminho para o não deserto. ou apenas miragem...? abraço!

Rafael Castellar das Neves disse...

Ficou muito bom...texto e pintura se complementam...talvez se "fundem" seria a melhor palavra...

[]ss

Cris de Souza disse...

fujo pra dentro do útero
pra ver se me encontro
nalgum porto seguro

...

betina moraes disse...

quando gostamos de verdade do trabalho de um poeta é algo muito estimulante, nos afinamos com a escrita e acostumamos na leitura. senti falta. apesar de eu ter ficado ausente, seu trabalho continua presente na minha preferência como leitora de poesia.


abraços, marco.