Imagem do cabeçalho: "O Grande Canal de Veneza" (detalhe) de Turner

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

APONTAMENTO NA BORDA DO DIA (43)

Um dia não vivido,
aquele evaporado,
sopro quente
que embaça
o vidro temperado
dos meus olhos.

12 comentários:

Thiago Quintella de Mattos disse...

assim estou há quase 4 anos

Cris de Souza disse...

um dia não varrido,
aquele enquadrado,
sono rente
que empasta
o verde temerário
dos meus olhos

...

Batom e poesias disse...

Dias assim acontecem.
Linda forma de dizer...

Adorei a foto nova, com ares de filósofo.

:)

Bom 2011!
bj

Rossana

Jozi Elen Fleck disse...

Com a escrita, o dia evaporado se transforma só em nuvem.
Abraço forte.
Jozi,
www.olugardascoresescritas.com

Luiza Maciel Nogueira disse...

ausência sentida - não menos vivida :)

bjs

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

um dia não vivido ao menos fica ele por mais tempo do que um perdido em um engarrafamento

D.Everson disse...

Dias de Santos e Silva como diria Gonzaga Junior

Fouad Talal disse...

lutar contra a opacidade das horas e ir fundo meu amigo. eis a faina de todos nós que ousamos viver todos os dias!

abração!
gostei da foto!

Tatiana disse...

Olá!
Que bom retornar ao blog e as postagens...
Espero que esse novo ano seja ainda melhor para todos nós.
Vim te trazer o meu carinho e desejar que 2011 seja um ano de sucesso para você!
Beijos com o meu carinho

Chorik disse...

Pois vive-se também de não viver. Um dia recupera-se o atraso.

Lua Nova disse...

Tenho tido dias assim... só não sabia como descrevê-los.
Adoro seus "apontmentos"...
Beijokas.

Lara Amaral disse...

Perco a conta de quantos dias embaçados, olhos mal vi(í)vidos.